terça-feira, 5 de setembro de 2017

Entrevista com Jenifer Fraga

terça-feira, setembro 05, 2017 6 Comments




Olá pessoal, trago uma super novidade para o blog! Entrevistei minha amiga Jenifer que está formando já em Psicologia! Ela é super especial na minha vida e topou fazer essa entrevista para levar ao conhecimento de todos que passarem por aqui, a importância da terapia na vida de uma pessoa, e muitos não sabem disso. Bom, espero que gostem:


1) O que levou você escolher essa profissão?
Bom, não sei ao certo o que me levou a escolher a psicologia como profissão, entretanto desde meus 20 anos já sabia que ela era pra mim. Quando reflito sobre isso chego a conclusão que talvez minha escolha pela psi se baseie em duas questões: a primeira é o fato de poder contribuir para o autoconhecimento e o crescimento pessoal ou profissional de cada pessoa e a segunda é a curiosidade em saber o porque as pessoas fazem o que fazem e como cada pessoa funciona.

2). Qual ramo da psicologia você pensa seguir?
Bom, ainda não sei exatamente, pois estou me descobrindo. Mas confesso que gosto muito das áreas de orientação profissional, atendimento clínico e atendimento grupal.

3).  Quais os tipos de psicoterapia existentes?
A psicoterapia pode acontecer em vários contextos, vou citar alguns. Psicoterapia de casais e família, Psicoterapia grupal, Psicoterapia Individual, Psicoterapia breve e tem também o Aconselhamento psicológico.

4) Todas as pessoas precisam de psicoterapia? Por quê?
Nem todas as pessoas precisam de psicoterapia, mas seria interessante se todas tivessem a oportunidade de fazer. A psicoterapia pode tem duas funções: uma como tratamento para as pessoas que precisam resolver um ou mais problemas e outra como autoconhecimento para as pessoas que querem se conhecer melhor.

5). Qual a importância da psicoterapia na infância?
A psicoterapia na infância é importante quando se percebe que a criança precisa de algum tipo de ajuda como: baixo rendimento escolar, dificuldade de relacionamentos com os familiares e amigos, agressividade, timidez, separação dos pais e etc... Assim, a psicoterapia configura-se um espaço para que a criança possa expressar seus sentimentos, medos e angustias sem sofrer julgamentos.

6). Quais as áreas que a psicologia pode atuar?
Bom, são diversas áreas. A psicologia está inserida na escola, no trânsito, no esporte, nas comunidades, na clínica, nas empresas, na área jurídica, na área da neuropsicológica e também no âmbito hospitalar.

7). Existe idade certa para começar a fazer psicoterapia?
Não. A psicoterapia pode começar em qualquer idade.

8). Qual a diferença de psicólogo e psiquiatra?
Pode-se dizer que a diferença entre psicólogo e o psiquiatra começa pela formação. O psicólogo precisa cursar 5 anos de psicologia e depois se especializar na área escolhida e o psiquiatra precisa cursar seis anos de medicina e depois mais dois ou três anos de residência em psiquiatria. Assim, o psicólogo atua com a psicoterapia e tem como principal ferramenta a escuta analítica e já o psiquiatra atua com seu saber médico na área mental e é responsável pela medicação.

9) Qual a importância de ter psicólogo na escola?
O psicólogo escolar tem muito a contribuir. Ele pode auxiliar a criança em sua dificuldade de aprendizagem ou de relacionamento, pode auxiliar os professores no manejo com as crianças, pode realizar reuniões com pais para tirar duvidas sobre os distúrbios de aprendizagem. Enfim, o psicólogo pode oferecer contribuições da psicologia para colaborar com a melhora do ensino aprendizagem.  

11) O que é conversado em psicoterapia fica em sigilo?
Sim. O sigilo é uma parte fundamental da psicoterapia, assim o paciente pode falar sobre o que quiser e como quiser sem medo.

10) Qual a mensagem que você deixaria para as pessoas que não têm interesse ou não sabem nada sobre a terapia?
A psicoterapia é algo que tem muito a nos ajudar, através dela podemos nos conhecer melhor, tomar melhores decisões, ser uma pessoa melhor. Ao contrário do que muitos pensam psicologia não é coisa de louco. Fazer psicoterapia nos ajuda a sermos melhores e mais confiantes em nós mesmos. Então experimente!!!!!


FIM 


Agradecendo muito a participação da minha amiga no meu blog, vou fazer uma singela homenagem, deixando uma montagem de fotos nossas de vários momentos que passamos juntas. 





Bom essa é a Jenifer :)


E aí, pessoal, gostaram? Deixem nos comentários!

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

A Poesia Mística de Adélia Prado

sexta-feira, setembro 01, 2017 13 Comments


Meditação à beira de um poema

Podei a roseira no momento certo
e viajei muitos dias, 
aprendendo de vez
que se deve esperar biblicamente
pela hora das coisas.
Quando abri a janela, vi-a, 
como nunca a vira
constelada, 
os botões, 
Alguns já com rosa- pálido
espiando entre as sépalas, 
jóias vivas em pencas.
Minha dor nas costas, 
meu desaponto com os limites do tempo, 
o grande esforço para que me entendam
pulverizam-se
diante do recorrente milagre.
maravilhosas faziam-se
as cíclicas perecíveis rosas.
Ninguém me demoverá
do que de repente soube
à margem dos edifícios da razão:
a misericórdia está intacta, 
vagalhões de cobiça, 
punhos fechados, 
altissonantes iras, 
nada impede ouro de corolas
e acreditai: perfumes.
Só porque é setembro.

Adélia Prado 



Começando muito bem o mês das flores! Esse é um dos meu poemas preferidos, da minha escritora favorita, Adélia Prado. Mineira, de Divinópolis, aos 14 anos ela já escrevia seus primeiros versos, mas só se tornou escritora depois de muito tempo. Nas palavras de Drummond, "Adélia é lírica, bíblica e existencial. É fogo de Deus em Divinópolis." Minha paixão pela escritora surgiu no primeiro ano de faculdade, quando eu vi uma palestra maravilhosa dela falando sobre poesia. Desde aquele momento soube que meu TCC iria ser sobre ela e realmente foi. Ao ler "Poesia Reunida", fiquei apaixonada pelos seus poemas e nunca mais deixei de procurar ler suas obras, assistir suas palestras. Adélia mostra que a Arte é uma experiência mística, que poesia não é diferente de oração. Inspirando-me nessa afirmação, meu trabalho se chamou: "Oração em Poesia" e para mim fazê-lo foi um deleite do começo ao fim. É o sonho de todo mundo né?!



Vão aí meus poemas preferidos dela: (prepare-se, é muita coisa bonita de uma só vez!)


Sinal no céu

É um tom de laranja 
sobre os montes
um pensamento inarticulado
de que a Virgem
pôs o mundo no colo
e passeia com ele nos rosais.




Mulher ao cair da tarde 

Ó Deus, não me castigue se falo 
minha vida foi tão bonita! 
Somos humanos, 
nossos verbos têm tempos, 
não são como o Vosso, eterno.




Impressionista

Uma ocasião,
meu pai pintou a casa toda
de alaranjado brilhante.
Por muito tempo moramos numa casa,
como ele mesmo dizia,
constantemente amanhecendo.





Ensinamento

Minha mãe achava estudo
a coisa mais fina do mundo.
Não é.
A coisa mais fina do mundo é o sentimento.
Aquele dia de noite, o pai fazendo serão,
ela falou comigo:
“Coitado, até essa hora no serviço pesado”.
Arrumou pão e café , deixou tacho no fogo com água quente.
Não me falou em amor.
Essa palavra de luxo.







Enfim, obra estupenda de Adélia, me toca profundamente. Além do TCC, ainda escrevi um artigo sobre a poesia dela, que entrou para o livro "Palavras que se arriscam" na faculdade. Fico muito feliz de conhecer Adélia e de poder compartilhar aqui, quem sabe alguém conheça através do meu blog e goste também?!
Vou deixar aqui o vídeo que a conheci e outros que gosto muito:












Que a poesia de Adélia acompanhe essa primavera florindo assim os nossos corações!
Isso é tudo pessoal!


quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Deus está na Brisa Suave...

quinta-feira, agosto 31, 2017 4 Comments


Elias no Monte Carmelo

"Ali entrou numa caverna e passou a noite. E a palavra do Senhor veio a ele: O que você está fazendo aqui, Elias? 
Ele respondeu: "Estou ardendo de zelo pelo Senhor, Deus dos Exércitos. Os israelitas rejeitaram a tua aliança, quebraram os teus altares, e mataram os teus profetas à espada. Sou o único que sobrou, e agora também estão procurando matar-me".
O Senhor lhe disse: "Saia e fique no monte, na presença do Senhor, pois o Senhor vai passar". Então veio um vento fortíssimo que separou os montes e esmigalhou as rochas diante do Senhor, mas o Senhor não estava no vento. Depois do vento houve um terremoto, mas o Senhor não estava no terremoto. Depois do terremoto houve um fogo, mas o Senhor não estava nele.
 E depois do fogo houve o murmúrio de uma brisa suave.

Meditando sobre essa palavra do Antigo Testamento, percebemos a importância de desligar as luzes da cidade para enxergar as estrelas. Ou seja, fugir do barulho, do aparelho de som, do rádio, da TV, da internet, e de tudo o que possa tirar o nosso silêncio interior e exterior. Para encontrarmos Deus, que é a nossa luz, a luz da verdade e o verdadeiro sentido da nossa vida, é necessário buscá-Lo no silêncio da nossa alma, é aí que Ele habita. Elias procurou a Deus em todos os lugares, em meio ao barulho, mas Deus disse que era para Ele subir ao monte (seria deixar tudo de lado e ir a um lugar reservado).
Então ele foi ao monte e mesmo assim não O encontrou no vento, nem no terremoto e muito menos no fogo. E sim, na BRISA SUAVE. 
Deus se apresenta na tranquilidade, nos dando a paz, a verdadeira alegria. Ele se apresenta no mais profundo da nossa alma,  na sétima morada, onde acontece os colóquios amis íntimos entre Deus e a alma. (Santa Teresa de Ávila)

Silêncio e Recolhimento
É preciso estar em silêncio e se recolher. Como se recolher? Primeiro se desligando em tudo ao seu redor, tendo um lugar silencioso e reservado, tendo uma oração e um ato de fé que Deus está ali, a palavra de Deus para meditar, oração e diálogo com Ele. E não esquecer que isso deve ser constante na vida de um cristão. Para ter uma vida interior é preciso perseverança, já digo que não é fácil e aparece muita coisa para atrapalhar.
Mas digo também: fácil é sentar em frente a TV, é ter sombra e água fresca. O que é difícil é que vale a pena, e será que vale a pena investir em algo eterno? Claro que vale né?
Todos os prazeres dessa vida vão passar e só Deus e o que cultivamos nEle é que vai permanecer.
Como está sua vida com Ele? Pare e pense um pouquinho.
Faça resoluções com sua vida espiritual, busque renascer da água do Espírito, busque ter uma vida interior. 

Fiquem com Deus e que Ele vos abençoe.

Paz e bem.



quarta-feira, 30 de agosto de 2017

O Mundo de Sofia - Jostein Gaarder

quarta-feira, agosto 30, 2017 4 Comments



Chegou a hora de resenhar esse livro que na verdade li no finalzinho de 2015, faz um tempinho já. Devido a sua importância e também pelo meu gosto por ele (um dos livros que mais gostei de ler); decidi fazer a sua resenha aqui, mesmo que faz um tempinho que li, não faz mal, lembro perfeitamente. 
Bom, O Mundo de Sofia, para quem nunca leu, imagino que pelo menos já ouviu falar, pois é bem famoso, é o romance da Filosofia. Ouvi falar dele na faculdade e me interessei bastante, pois eu gosto bastante de filosofar, acho que não precisa ser estudado na área para ser fiósofo, acho que todo mundo tem seu lado filósofo. O meu é bastante aguçado, desde que me dei por gente levando questões sobre a vida, o sentido de existir, se existe vida em outros planetas, como pode existir tanta gente (isso me intriga até hoje). Enfim, pergunta muito, procura respostas e esse é o objetivo da Filosofia.

Resenha
Sofia Amundsen é uma norueguesa de apenas 14 anos. Na véspera de seu aniversário, ela começa a receber correspondências,ições de filosofia por cartas, vídeos, conversas e bilhetes. Mais tarde ela descobre que Alberto Knox, um senhor muito peculiar, é que é o autor de tal curso filosófico, e ele passa a ser o seu professor. Então recebe cartões postais super estranhos do Líbano, só que endereçados a uma certa Hilde Knag, pessoa totalmente desconhecida para Sofia. E tais cartões vão ficand, cada vez mais misteriosos: parece que todos têm uma conexão com Sofia, pois o remetente sempre citava a garota como sendo intermediária de tais correspondências...
Contando com um curso completo sobre a superfície da filosofia, Sofia aprende sobre os pensamentos da Antiguidade Clássica, da Idade Média, da época Moderna e da atualidade. Passa por Aristóteles, Santo Agostinho, Descartes, Kant etc.
E no fim, claro que não vou contar para não dar spoiler, tudo é desvendado e muito interessante. Para quem não leu, fica aí uma ótima dica!

O que mais gostei
Além de aprender muita Filosofia, toda sua história praticamente e de forma super dinâmica, senti muito prazerosa a sua leitura, um gosto de criança que vê o mundo pela primeira vez, que aprende um monte de coisa, sinto que é um livro infantil mas para qualquer idade, sinto que retornei à infância, mas no bom sentido de ser criança, aquela sede de conhecer o mundo, brincando.




Frases importantes











Enfim, eis aí uma leitura de grande valor, se já leu e gostou também, deixe nos comentários sua opinião! Até mais!

domingo, 27 de agosto de 2017

A Incrível História de Adaline - Cinema

domingo, agosto 27, 2017 8 Comments




Passando aqui para contar a minha satisfação em rever pela quinquagésima vez meu filme preferido "A Incrível História de Adaline". Na verdade é preferido empatado com "Meia Noite em Paris" de Wood Allen. Não sei explicar porque esses filmes mexem tanto comigo, falam tanto com meu coração. Acredito que me tocam de maneira muito profunda e especial devido à minha identificação com os personagens principais : Gil Pender  e Adaline.
Eu já falei sobre esses dois filmes no post "Top 5 Cinema" se quiser ler clique aqui. Mas hoje quis fazer esse post especial sobre a Adaline, contando sua sinopse, colocando fotos do filme, dizendo o que mais gostei, porque curto tanto, fazendo uma pequena discussão, etc. Já aviso que não tem spoiler, só vou fazer uma sinopse, pois quero que todos que passarem por esse post, não saiam dele sem o propósito de ver o filme, please.

Sinopse
Adaline nasceu na virada do século XX e teve uma vida normal até os 29 anos, quando, depois de um acidente de carro, para de envelhecer misteriosamente. Devido ao seu medo de virar um objeto de pesquisa, ela foge sempre durante décadas vivendo na solidão, sem criar laço com ninguém, tendo um forte laço distante com sua filha, pois seu marido havia morrido pouco antes do acidente. Ela promete a si mesma nunca contar sobre sua vida a ninguém e mudar de identidade e lugar a cada década. Depois de seis décadas de solidão, ela encontra alguém especial, Ellis, um filantropo, que mudará sua história, então...Assista!





Por que será que me encantei tanto pelo filme? Acredito que é por causa da personalidade da personagem: super reservada, cautelosa, inteligente, estudiosa, etc. Ela tem muitas qualidades, não é apenas uma beleza física. E por falar em beleza física, além de ser interpretada por uma atriz belíssima (Blake Lively), seu figurino ao longo sas décadas é maravilhoso, sou fascinada por suas roupas antigas, seus penteados e maquiagem super delicada. O figurino é impecável e o estilo retrô de Adaline está maravilhoso. Os penteados sempre estão coerentes com as épocas e a ambientação do filme é realmente muito bonita e bem simples, sem grandes efeitos especiais (a não ser a cena do acidente de carro). Como eu sou retrô e amo o estilo vintage, não dá pra estranhar minha paixão pelo filme.






Adaline e sua filha (que mais parece sua avó, rsrs)







  Nessa cena ela está na escadaria da biblioteca que ela trabalha, lendo um livro em braille, é uma das cenas que mais gosto.






Discussão
Vou fazer uma pequena discussão entre o filme e eu, rsrs. Eu amo sua trilha sonora, para começar, já ouvi ela interinha, não me canso mesmo. Destaque para : Jefferson Airplane - Comin' Back To Me e Bob Dylan - Simple Twist of Fate - simplismente maravilhosas.  Eu admiro muito filmes que mostram um pouco de história, cultura e coisas antigas, e disso esse filme está cheio. Adaline é uma personagem extremamente reservada com sua vida pessoal, eu admiro isso em uma pessoa (em tempos de redes sociais, hoje é raro alguém assim.) Ela vive uma vida de solidão, mesmo sentindo a falta de alguém, ela prefere ficar sozinha, ao invés de magoar alguém, pois na sua condição é muito difícil ter um futuro. Amante de línguas e livros, ela é uma pessoa de extrema sabedoria, assim que vejo Adaline. Vejo nela um grande feminino, longe de vulgaridades, um feminino original, que se esconde, mas ao mesmo tempo revela o mistério de seu ser, um ser mergulhado na dor, mas que ama, ama muito, e porque ama, sofre. Um feminino que é sábio, sua beleza está mais dentro que fora, mas por estar dentro, ele resplandesce para fora. Para mim, a personagem transborda esse feminino que o mundo está sedento, esse feminino que não está no vulgar, mas na alma.

Bom é isso, é um filme que eu vou ver muito ainda, sempre. Eu sou assim: de cada cinquenta filmes que vejo, posso até gostar de todos, mas tem sempre um que grudo que nem chiclete, e esse é um deles.  Não deixem de assistir, é maravilhoso. (Já até decorei as falas, rsrs) Sou maluca mesmo.


Trailer Oficial


Boa semana, bye bye, thanks for you are here.





sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Um Pouco de Psicologia

sexta-feira, agosto 25, 2017 8 Comments



Olá pessoal, estou rendendo muito esse mês aqui no blog, poxa, toda hora aparece um assunto muito bacana pra eu postar, eu sou daquelas pessoas que tem que postar logo, se não a ideia foge, rsrs. Hoje aprendi uma coisa com uma pessoa muito especial. Aprendi que existe:  Id, Ego e Superego. Você que está lendo já ouviu falar sobre isso, e sabe na prática o que é? Pois eu digo que é uma coisa muito útil mesmo na nossa vida.

ID - A força do querer
Não é uma homenagem à novela das 21h da Globo e sim uma boa associação porque tem tudo a ver mesmo. O Id é o instinto primitivo do homem que domina sobre o consciente e o subconsciente. É simplismente "querer" algo sem reflexão, discernimento. Exemplo: Uma criança vai à loja de brinquedos e quer um brinquedo caro, ela não vê que os pais não têm condição, que ela já tem muitos brinquedos, que tendo aquele brinquedo ela vai brincar um pouco e já vai enjoar e que ela precisa de outras coisas que são mais necessárias, como roupas, etc. É uma personalidade defeituosa, não da criança, mais em quem quer uma coisa e não reflete se aquilo é bom ou não. É quem tem diabetes e come doces escondidos, quem está doente e volta a fazer o que a deixou doente. 
Instala-se facilmente o vício, pois a pessoa deixa-se estar sem defesas e entregue aos instintos primitivos. Por isso coloquei o nome da novela, pois na trama mostra claramente pessoas que são comandadas pelo Id: a personagem Silvana (Lília Cabral) por exemplo, não se vê como doente por jogos, ela joga compulsivamente por que ela quer jogar, ela não vê que perde grandes quantias, que está perdendo o marido, etc.

SUPEREGO
O superego é ao contrário, é o estado consciente, mais educação. É a visão realista de tudo que acontece, a voz que diz: cuidado, você vai perder hora, vai se atrasar, você está comendo demais, para de protelar, corre com isso se não vai dar tempo, você está perdendo muito tempo, etc, etc, etc.
Assim como o Id sozinho é exagego, o superego sem o Id também pode ser exagerado, então tem um terceiro aí que é o ego.

EGO
Quem é o EGO? Sou eu, é minha decisão e reflexão entre os dois, para uma melhor escolha diante de tudo o que me aparece. Ego quer dizer "eu" do Latim. Então o ego vem a er o equilíbrio, o discernimento do melhor para mim. Há pessoas que se deixam dominar ou pelo Id ou pelo superego. O correto é alimentar o ego, ou seja, deixar que eu domine a minha decisão a partir dos dois.
Estes imulsos: primitivo ou id, ego e superego devem trabalhar harmoniosamente juntos. É um treino, um trabalho a fazer. Devemos descobrir quem somos, que vida abraçamos e a partir disso trabalhar com os três focando nisso.

E aí gostaram? Espero que sim. Vou trabalhar agora, depois vou descansar um pouco e vou ler. Estou numa dúvida cruel: leio "Cem anos de solidão" de Gabriel Garcian Marques, ou "Contos Mineiros"? Acho que vou ler os dois, tem gente por aí que lê até cinco livros de uma vez só, disso já não dou conta, rsrs. Hoje é sexta-feira, sendo assim, ótimo FDS a todos! Abraços"




quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Peça Teatral - O Amor está Online

quarta-feira, agosto 23, 2017 6 Comments



Olá habitantes da Blogosfera!
Trago aqui uma peça teatral que acabo de escrever! Nesse mundo tão conectado não me faltou inspiração... Espero que gostem!

Personagens:



  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Tumbrl
  • Whats app
  • Wi-Fi
  • Deus



Estavam todos reunidos: o Twitter, o Facebook, o Instagram, o Tumblr e o Whats App. Eis o diálogo entre esse pessoal:

Twitter - Como sou importante! Sou um diário virtual, as pessoas me postam o dia todo o que estão fazendo, estou sempre online, na moda. Sou acessado por artistas, políticos... Todos querer existir no mundo através de mim!

Instagram - E eu então? Aquelas fotos perfeitas, como o pessoal se ilude tanto! Acham que eu não sei que nem tudo é o que aparenta ser, mas eles estão viciados em mim, postam fotos o tempo inteiro! Também sou acessado por artistas e políticos! Sou sensacional!

Facebook - Aff, vocês não viram nada ainda, eu sou o melhor, união de vocês dois em um. Em mim o pessoal posta frase + foto o tempo inteiro! Eu acho que eles realmente não tem o que fazer, já estou até virando site de testes! Incrível! Tenho Fan Pages e muitas páginas, grupos...E tenho bate papo (menssenger) estou bem na frente de vocês...

Tumblr - Gente, eu sou o melhor! Eu sou uma mistura de Twitter, Blog e Instagram!Tenho muita personalidade, agora eles ainda decidiram  que existem "fotos tumblr" e "tumblr girl" há regras especiais e todos querem me acessar e terem um estilo só meu!

Whats app - Ah gente, sinto falar mas eu sou o melhor, sou super útil, de fácil acesso. Através de mim todos ficam online e até deixaram de lado o menssenger do Facebook! Em mim todos se comunicam o dia todo: mandam áudios, compartilha-se notícias, vídeos, tenho até status agora. Eu acho que resumo tudo e não precisaria de nenhum de vocês. O ser humano sobrevive só comigo, eu sou o melhor. Sou fácil, rápido e sem delongas.

Twitter - Nossa, você está se achando muito, zap. Você se acha o rei da cocada preta então?

Whats app - Sim, eu estou acima de tudo, estou online em todo o tempo em todo o mundo, ninguém me larga, vocês são diferentes, precisam ser acessados com senha e e-mail, eu não, fico online o tempo todo.

Wi- Fi entra na conversa.

Wi Fi - Quem disse? Você precisa de mim para estar online querido, ou de um plano muito bom de internet de uma operadora. Ninguém é tudo, um precisa do outro aqui.

Whats app - Então, quem fica online o tempo todo e pode ser acessado a qualquer momento? Não existe ninguém?

Deus entra na conversa.

Deus - Eu, o Amor. O Amor está sempre online e não precisa de Wi-Fi, nem facebook, whats app, twitter, instagram, tumblr e nenhuma rede social. Quem quiser falar comigo a qualquer momento escuto e envio a mensagem de volta. Não deixo nunca de visualizar e responder. O grande problema é que ninguém para pra escutar minha resposta, pois ela não é feita com áudios ou emoticons, a minha resposta vem na brisa suave do coração, no silêncio. Longe de todo o barulho. Para conectar a mim vocês não precisam de senha nem e-mail , só se conectarem através da Oração.

"A oração é a chave que abra as portas do coração de Deus." São Padre Pio de Pietrelcina

Mensagem: Desconectem do mundo de conectem-se com Deus! Deus abençoe vocês!



Parcerias


Parcerias, digulgadores desse Blog:










Quer ser parceiro(a)?

Envie um e-mail para: larissa.coriemariae@gmail.com